Grama Bermudas

Grama Bermudas

A grama bermudas se desenvolve melhor em climas quentes, no inverno em épocas de geada ela pode se tornar dormente, mas quando as temperaturas aumentam sua recuperação é rápida.

Em tempos de crise hídrica um ponto bastante interessante da grama bermudas é que ela é bem adaptada a fontes de reuso, tolerante a qualidade da água. Dependendo da qualidade do solo ela sobrevive a períodos prolongados de estiagem.

Quando bem cuidada ela compete eficientemente com o surgimento de pragas, além de tolerar bem a aplicação de herbicidas. Seu estabelecimento e propagação se dão melhor quando implantadas por tapetes ou mudas.

Nome científico: Cynodon dactylon. Classe Monocotiledônea. Família: Poaceae. Origem: Ilhas Bermudas – Africa. Luminosidade: Sol Pleno. Clima: Tropical, Equatorial e Subtropical – Nomes Populares: Grama bermuda, “bermudas”, Grama Seda e Tifton.

Características:

Essa variedade possui folhas estreitas, muito macias de formação densa e coloração verde intenso. Grama híbrida muito resistente, possui ótima capacidade de recuperação quando submetida a desgastes por pisoteio e compete bem contra pragas e ervas daninhas. Por este motivo, essa grama é indicada para formar gramados esportivos, como campo de futebol, polo e golfe, e de laser como playground e outros.

Esta espécie adapta-se melhor em locais de clima quente e a sol pleno, sendo necessários aproximadamente 25 a 44 mm de água por semana para se desenvolver bem e crescer de forma saudável. O plantio da grama Bermudas deve ser realizado em solos férteis com boa capacidade de aeração; sua aplicação no solo é bem fácil, porque é colhida em formato de tapetes que facilitam o manuseio na hora do plantio.

Custo benefício e preço m2:

O preço da grama Bermuda varia conforme a região em que é produzida, e pode custar em torno de R$ 3,50 a R$ 5,00 por m2 mais frete. Proporciona (Médio custo) para plantio e manutenção em jardins, e (alto custo) para plantio e manutenção em campos esportivos. Essa grama não exige podas muito frequentes e recomenda-se que seja aparada sempre que suas folhas ultrapassarem dois a três centímetros de altura. Com a chegada do outono seu crescimento diminui, período este em que a grama começa a se preparar para o ciclo de dormência, que ocorre durante o inverno.

Como plantar grama Bermuda:

Sua aplicação no solo é bem fácil, porque é colhida em formato de tapetes que facilitam o manuseio na hora do plantio. É importante preparar bem o solo que irá receber a grama removendo todo tipo de resíduos que possam obstruir o contato da grama com o solo, ex: entulhos, pedrisco, pedaços de madeira, raízes de arvores, etc.

A adubação também precisa ser constante, para que o gramado possa crescer e se desenvolver. Dica: ao iniciar o plantio, alinhe os primeiros tapetes utilizando uma “linha de pedreiro” ou algo semelhante, estenda os tapetes um ao lado do outro e depois faça uma cobertura com terra fértil em todo o gramado. Obs. Irrigue a grama no mesmo dia em que a mesma estiver sendo plantada. Em caso de dúvidas consulte um agrônomo. Leia mais dicas em Como plantar grama tire todas as suas dúvidas.

Manutenção e cuidados:

A grama bermudas necessita de muitos cuidados para que se mantenha sempre forte, bonita e saudável; recomenda-se manutenção frequentemente; adubação e calagem precisam ser feitas pelo menos duas veses por ano. Leia o nosso artigo com dicas e informações sobre Adubação para gramas e tire dúvidas.

Dica: No inverno recomenda-se a realização de uma cobertura com terra adubada em todo o gramado; este procedimento ajuda proteger a grama contra o ressecamento, ocasionado pelo frio das fortes geadas que normalmente ocorrem nesta época do ano.

Leia outras informações sobre Grama Bermudas